Apresentação

A palavra ciência tem origem no termo em latim scientia, que significa conhecimento. Ao longo dos séculos, a ciência e os seus intervenientes têm vindo a alterar muitos dos hábitos da Humanidade, afetando inevitavelmente todas as dimensões da vida em sociedade, nomeadamente no âmbito educativo.

Nos primeiros anos de escolaridade revela-se de primordial importância a implementação de um plano de formação para docentes e alunos que vise a aquisição de competências essenciais que promova o exercício pleno de uma cidadania informada e que aumente os níveis de literacia científica.

“O propósito da Educação em Ciência, enquanto componente da experiência educativa global de todos os jovens, é prepará-los para uma vida satisfatória e completa no mundo do século XXI. Mais especificamente, o currículo de Ciências deve: Estimular o entusiasmo e interesse pela ciência de modo a que os jovens se sintam confiantes e competentes para se envolverem com matérias científicas e técnicas. Ajudar os jovens a adquirir uma compreensão vasta e geral das ideias importantes e das bases explicativas das ciência e dos procedimentos do inquérito científico, que têm maior impacto no nosso ambiente e na nossa cultura em geral. Possibilitar o aprofundamento de conhecimento quando é necessário, quer por interesse pessoal dos alunos, quer por motivação de percurso profissional.”

(in http://www.dgidc.min-edu.pt/outrosprojetos/index.php?s=directorio&pid=4 )

  Nesta senda, pretende-se com a dinamização do Clube das Ciências e com o Projeto ” Cientistas de palmo e ½” dar um novo alento à promoção das Ciências Experimentais no 1º, 2º e 3º ciclos, considerando que será uma área de grande motivação e de aprofundamento de conhecimentos científicos, para os alunos deste agrupamento.